Os 3 principais desafios de um ambiente de trabalho moderno

Gestão Trabalho
Postado por itix |

14 jun, 2019

Na minha empresa, a ideia sempre foi ter um ambiente descontraído e flexível, seguindo a linha de gestão de startups e grandes empresas de tecnologia como Google e Facebook.

Acreditamos que um ambiente de trabalho moderno contribui para que as pessoas trabalhem mais motivadas, sejam mais produtivas, felizes profissionalmente, tenham uma rotina mais fácil e permaneçam por mais tempo na empresa. Mas para construir um ambiente assim é preciso enfrentar diversos desafios. Os três principais são colaboradores, legislação e clientes.

1 – Colaboradores
respeitar o horário flexível: há uma falta de entendimento no conceito de horário flexível. Nós, gestores, não estamos cronometrando o tempo de trabalho ou checando se o colaborador está ou não dentro do escritório das 8h às 18h. Estamos de olho na produtividade.

Entretanto, o colaborador confunde flexibilidade com liberdade e prioriza questões pessoais em vez das profissionais.

Por incrível que pareça, depois que os colaboradores entram numa jornada de trabalho flexível, tendem a ser menos produtivos, pois realizam mais tarefas pessoais do que profissionais.

facilidades pagas: dentro da empresa temos algumas máquinas de comidas e bebidas com refrigerantes e cervejas, que dispensam a necessidade de uma lanchonete no local. Porém, essas máquinas são pagas. Infelizmente as pessoas não têm maturidade suficiente para colher um produto pago de uma máquina sem a necessidade de pagar imediatamente. Ao menos em nossa empresa, não há uma máquina que dispensa automaticamente e faz a cobrança depois, pois as pessoas costumam não registrar a retirada do produto. É a conhecida “lei da esperteza” que atua fortemente no Brasil.

limpeza: manter o local limpo, principalmente os de uso comum como cozinha e banheiros, parece ser uma maratona sem fim. As pessoas não têm educação e se esquecem que estão compartilhando aquele ambiente com outras. Podemos dizer que é um reflexo do comportamento dentro de casa, que vem com a ideia de ter uma “empregada” limpando tudo o tempo todo.

2 – Legislação
Por mais que a CLT tenha sido modernizada, ainda existem problemas que burocratizam situações num ambiente de trabalho moderno.

registro de ponto: esse de longe é o pior dos problemas, pois os colaboradores precisam seguir algumas regras e tais regras não condizem com um ambiente de trabalho no qual as pessoas fazem o seu próprio horário.

Para a CLT, o importante é mensurar o tempo de trabalho. Para nós, o importante é mensurar o desempenho.

O problema se torna mais latente com funcionários que preferem trabalhar à noite, período que gera um pagamento de adicional noturno. A Lei não entende que esse colaborador talvez não tenha trabalhado durante o dia por vontade própria, pois tem um desempenho melhor à noite.

riscos trabalhistas: nossa assessoria de advogados sempre bate na mesma tecla: “quanto mais tempo as pessoas passam na empresa, maior o risco de processos judiciais”. O que significa que não podemos prover facilidades para que os colaboradores não estejam na empresa, mas devemos trazê-los e fazer com que trabalhem o máximo durante uma jornada de 8 horas – o que vai contra a flexibilidade de horário.

3 – Clientes
Quando se trata de uma empresa de produtos, os clientes não veem a produção. Mas quando se trata de uma empresa de serviços, com uma meta a cumprir e não exatamente horas vendidas no contrato, a história muda.

Na primeira vez que o cliente vai ao nosso escritório, fica feliz em ver que temos uma proposta diferente de trabalho. Ele percebe que os colaboradores são mais motivados. Entretanto, quando há uma reunião em que a pauta é um problema de um serviço que ele contratou, a primeira coisa que vem à tona é: “vocês não entregam porque não obrigam as pessoas a cumprirem o horário de trabalho”.

O cliente enxerga o escritório com entusiasmo, mas no primeiro problema volta a ser o cliente da Era Industrial.

Ao produzir uma cultura mais flexível e moderna no ambiente de trabalho, você enfrentará imensos desafios com a irresponsabilidade dos colaboradores, uma legislação que vai contra o que você prega e clientes imaturos.

O que me leva a refletir que talvez a população em geral tenha sido instruída e capacitada para trabalhar numa Era Industrial e quando se deparam com um ambiente de trabalho moderno, a incompreensão é maciça.

Não chega a ser uma questão de gostar ou não desse estilo de trabalho, mas não entender que as pessoas podem ter um certo controle e criar as suas próprias regras.

Sua empresa tem um ambiente mais flexível? Quais são os desafios que você encontra diariamente, gestor?